Daniel Xavier conta que tudo começou a nove anos atrás, um sonho de garotinho, que começou a fazer vídeos por uma câmera de um notebook, no intuito de ser alguém no meio artístico e sempre me inspirei muito no @justinbieber pois ele foi um menino que começou com a minha idade, e hoje é uma celebridade internacional, eu a partir dali comecei a trabalhar e achava que eu fazendo esses vídeos na internet eu ia chegar aonde ele chegou, mas a partir do momento que conheci uma câmera eu me apaixonei e coloquei no meu coração que queria trabalhar com isso, vencer na vida fazendo o que eu amava, muito antes do Justin Bieber brasileiro nascer eu sempre criei conteúdo e nunca parei, como eu disse, há 9 anos atrás para menos eu já comecei a gravar, desde ali então eu nunca parei, em meio às dificuldades, pobreza e sofrimento que tive com minha família, eu sempre tirava meu tempo, poderia em ser em qualquer lugar, mas eu nunca deixei de criar conteúdo; eu não surgi hoje, eu não vim do nada, eu não estourei da noite pro dia, eu venho de uma caminhada gigantesca e quem me conhece sabe, sabe do meu passado, sabe do sofrimento e principalmente da minha luta, eu não sou e nunca fui um menino de me lamentar ou ficar me vitimizando, só eu sei o quanto foi desafiador e está sendo até hoje encarar uma carreira artística em busco do meu sonho.

Com 17 anos decidi sair da casa dos meus pais, tudo ficou mais difícil, eu fui ajudado com um lar por muitas pessoas para não dormir na rua, chegou um certo dia que tive que dormir em um teatro municipal e almoçava em uma escola pública todos os dias, eu já não tinha caminho, eu sinceramente não tinha mas o que fazer, e mesmo em meio essas dificuldades, de dormir na casa das pessoas e por último em um teatro municipal, eu nunca deixei de sonhar, e criar meu conteúdo e minhas canções, sempre sorrindo, sempre mostrando estar bem, mas na verdade estava em uma tristeza é um desespero por dentro de mim, mas nunca mostrei fraqueza, comecei a trabalhar, me estabilizei, aluguei uma quitinete, mobiliei a casa toda, e vivi minha vida, meu canto, e sempre gravando, fiquei desempregado, sofri por um relacionamento do passado que me frustrou muito, e eu não sei se tinha ficado com depressão ou se eu realmente queria continuar vivendo, eu perdi emprego, deixei meu aluguel atrasar mais de 2 meses.

Dali naquele mesmo dia, eu anunciei todos os meus móveis que tinha na casa, fogão, geladeira, cama. Vendi tudo, peguei o dinheiro e coloquei na conta, no dia seguinte comprei passagem pra São Paulo e falei que só iria voltar se eu fosse alguém, eu viajei com 1.500 que era única dinheiro que eu tinha, abandonei a casa sem pagar o aluguel, e fui pra São Paulo, no começo estava tudo legal, mas depois as coisas apertaram muito mais, e pior, eu estava em um estado que eu não conhecia ninguém, e nem sabia pra onde ir, definindo, eu lutei, eu dei meu corre, conheci uma garota que me ajudou até aqui a Júlia, ela me ajudou com moradia, com um celular melhor, eu fui animando, produzindo, produzindo, produzindo, voltei pro rio, foi quando sentei na cadeira do barbeiro e fiz um vídeo brincando de Justin Bieber, no dia seguinte fiz meu nome, e hoje tudo que está acontecendo e mérito meu, mérito de muita luta, mérito de muita dificuldade, mérito de um cara que persistiu, em meio a tanta coisa, nunca parou de sonhar, poderia estar morto, ou me envolvido com tráfico, e coisas piores, mas prevaleci… e hoje estou aqui para contar uma coisa, “A FAVELA VENCEUUUUU”.

Antes de estourar, seu perfil @danielxavierofc tinha apenas 23 mil seguidores e atualmente tem 498 mil. Daniel fala com orgulho dos seus números nas redes sociais.
O engajamento do rapaz chamou atenção de algumas celebridades brasileiras, que o procuraram para parcerias de divulgação. “Já fiz para o Kevin O Chris, Nego do Borel, MC Maneirinho, MC Cabelinho, DJ Rogerinho do Quero, MC Mirella, Recayd Mob.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.