Há dois meses afastada da presidência da República, Dilma Rousseff já está retirando alguns dos seus objetos do Palácio da Alvorada.

Segundo O Globo, desde que o processo de impeachment começou, há dois meses, Dilma não conseguiu, ainda, obter mais votos de senadores contra a interrupção do seu mandato. Aliados, porém, dizem que é possível reverter o placar.

Desde que o presidente interino Michel Temer restringiu suas viagens, as viagens para a capital gaúcha são as únicas que Dilma continua fazendo em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). Nas viagens, a presidente afastada sempre leva duas malas com seus pertences de volta à cidade onde morava antes de assumir a presidência.

Enquanto a votação não chega, a petista mantém o discurso de que o Brasil sofre um golpe. “Isso aqui vai ficar registrado como golpe. Dilma está sendo vítima de um projeto de retirada dos direitos trabalhistas. Tenho certeza de que ela será inocentada pela História”, disse o senador Lindbergh Farias (PT-RJ).

O senador acredita que a batalha contra o impeachment não está perdida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.