Nesta quarta-feira (22), às 9h, a Veolia e a Braskem vão inaugurar a Pedra Fundamental do Projeto Energia Limpa e Eficiente, que será construído no polo industrial de Marechal Deodoro. Representantes de indústrias e instituições locais, assim como autoridades do governo estadual e municipal, estarão presentes no evento.

As empresas concordaram no ano de 2021 em produzir energia renovável com uso de vapor a partir de eucalipto e outros resíduos. O projeto tem um investimento de R$ 400 milhões e terá uma duração de 20 anos, criando 900 mil toneladas de vapor ao ano. Isso resulta em uma diminuição anual de cerca de 150 mil toneladas de Gases de Efeito Estufa (GEE), representando 30% das emissões na compra de energia da Braskem no Estado, em 2020.

A construção criará mais de 400 empregos diretos e cerca de 100 postos de trabalho serão essenciais na fase de operação do pós-obra. As operações estão previstas para começar no final de 2023 e início de 2024. Além disso, a planta seguirá as estratégias globais de desenvolvimento sustentável das empresas.

O projeto procura atender a necessidade de vapor para a operação da fábrica de PVC da Braskem, localizada em Marechal Deodoro. A fim de alcançar esse objetivo, a Veolia está desenvolvendo um projeto de engenharia e começou a construção da usina. Assim como também tem responsabilidade na operação do local nos 20 anos de contrato estipulados.

A preparação, armazenamento e processamento da biomassa para ser convertida em vapor sustentável ocorrerá na fábrica. Serão quatro caldeiras industriais em funcionamento 24 horas por dia, todos os dias da semana, a fim de garantir um fornecimento sem interrupções do vapor para produção de PVC da Braskem.

“Este projeto está alinhado ao propósito da Veolia, que é o de transformação ecológica, trazendo a sustentabilidade ao centro dos processos e decisões, garantindo a eficiência da produção. O cenário da mudança climática acelera a urgência de ações em torno da descarbonização, onde as indústrias têm um desafio importante na diversificação de suas matrizes energéticas e no consumo eficiente de energia. Estamos felizes nessa parceria com a Braskem, pois indica um compromisso e atuação contundentes nesse sentido”, completou Pedro Prádanos, CEO da Veolia Brasil.

“A parceria com a Veolia reforça o nosso compromisso fundamental com a geração de riqueza, o respeito ao meio ambiente e às comunidades em nosso entorno — adotando as melhores práticas da indústria —, e a transformação social no Estado. Adicionalmente, coloca Alagoas numa posição diferenciada e pioneira em projetos inovadores e sustentáveis”, destacou o Diretor Industrial da Braskem em Alagoas, Hélcio Colodete.

Sobre a Veolia

O Grupo Veolia atua para ser a empresa referência na transformação ecológica. Presente nos cinco continentes com 230 mil colaboradores, o Grupo auxilia seus parceiros no projeto e na implementação de soluções personalizadas que atendam aos desafios na gestão de água, resíduos e energia. Com suas três atividades complementares, a Veolia contribui para a preservação, renovação e o desenvolvimento do acesso aos recursos disponíveis. Em 2021, o Grupo Veolia levou água potável a 79 milhões de pessoas e ofereceu serviço de saneamento para 61 milhões, além de produzir cerca de 48 milhões de megawatts-hora e valorizar 48 milhões de toneladas de resíduos. A Veolia Environnement (Paris Euronext: VIE) consolidou sua receita em 28,508 bilhões de euros em 2021.

*com informações da assessoria

Fonte: tv gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.