Um torcedor, de 25 anos, que foi hospitalizado após se envolver em uma confusão entre as torcidas do Coritiba e do Palmeiras, na noite de domingo (12), em Curitiba, morreu no hospital, nesta segunda-feira (13), segundo a Polícia Civil.

A briga aconteceu nos arredores do estádio Major Couto Pereira, do Coritiba. Segundo a Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), a morte do torcedor do Palmeiras não foi causada por agressão.

Ele, de acordo com a polícia, teve uma complicação de saúde porque tinha diabetes.

Conforme testemunhas e a Polícia Civil, durante a briga de torcidas do lado de fora do estádio, houve uso de gás de pimenta. Os efeitos foram sentidos pelos torcedores e também atletas dos dois times dentro de campo.

O jogo chegou a ser interrompido por seis minutos durante o segundo tempo. Os times jogaram pela série A do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras venceu o Coritiba por 2 a 0.

Confusão

Segundo o delegado da Demafe, Luiz Carlos de Oliveira, pais e crianças aguardavam na delegacia para conseguir sair do estádio em segurança por volta das 20h.

De acordo com a Polícia Militar (PM), por volta das 19h20, uma ocorrência foi registrada com um jovem de 25 anos ferido, que foi encaminhado ao hospital.

O árbitro Leandro Vuaden paralisou o segundo tempo da partida por causa da confusão.

Algumas pessoas foram retiradas do setor que recebia a torcida do Coritiba, atrás de um dos gols do estádio. Depois de seis minutos de paralisação, Vuaden autorizou o recomeço da partida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.