A Santa Casa de Maceió realiza cerca de 500 sessões por mês da Oxigenoterapia Hiperbarica na recuperação de diversos tipos de patologias. Na quarta-feira (26), a unidade recebeu a visita do vice-prefeito, Ronaldo Lessa, acompanhado do Presidente do Tribunal de Contas de Alagoas, Otávio Lessa, e do consultor Geraldo Lessa, para falar sobre o tratamento.

O médico Fábio Lima apresentou a tecnologia avançada utilizada nas câmaras em pacientes do SUS, conveniados e particulares. “Na hora que viram como funciona, o que podemos ofertar, e o que os pacientes podem ter de benefício, automaticamente despertou um gatilho para todos. Eles ficaram bem impressionados com o que tínhamos a mostrar e vão fazer esforços para que a população tenha acesso ao tratamento pelo SUS”, disse o médico.

O ex-governador de Alagoas e agora vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, afirmou que já conhecia o trabalho da hiperbárica logo quando os equipamentos chegaram à Santa Casa de Maceió. “Eu sabia de sua importância, mas não tinha noção da amplitude dos benefícios que ela traz. A questão é que temos à disposição equipamentos dessa natureza, podendo servir muito melhor a sociedade. Precisamos que o SUS entre nesse processo, o estado e o município amplie sua participação. Precisamos diminuir a burocracia, pois a saúde é o maior bem que possuímos”, destacou Lessa.

O procurador do estado, Otávio Lessa, também se surpreendeu com o serviço ofertado. “Para mim, a tecnologia é nova. Se me falassem sobre o assunto ontem, eu não tinha ideia do que era, mas hoje vejo o resultado através dos pacientes que estão fazendo o tratamento. Vimos o histórico de pacientes de como entraram e como saíram, e o nosso papel como servidor público e como cidadão é, primeiro divulgar isso, como também solicitar aos órgãos públicos que incluam o maior quantitativo possível para que os pacientes do SUS tenham a oportunidade de acesso”, ressaltou o procurador.Durante a visita, as autoridades puderam ouvir depoimentos de pacientes e seus familiares, que compartilharam suas experiências, evoluções e melhora da qualidade de vida após contar com serviço da medicina hiperbárica da Santa Casa de Maceió.

SERVIÇO –O tratamento é recomendado para vários tipos de doenças, especialmente as úlceras varicosas, úlceras de estresse e inflamatórias, e pé diabético. A equipe formada pelos especialistas em Clínica Médica e Nutrologia, André Peixoto e Wellington Menezes, e infectologia, com Fernando Maia, também trata úlceras inflamatórias por artrite reumatoide, úlcera com vasculite por lúpus, e sequelas da doença de Crohn.

A avaliação médica para o tratamento é feita de forma gratuita. A unidade atende demanda especifica, quando o próprio médico encaminha o paciente para a terapia, mas também trabalha com demanda espontânea. O caso é avaliado para confirmar se existe indicação, um relatório é preparado para a operadora de saúde, SUS, bem como atendimento particular.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.