Hillary Clinton, provável candidata democrata na disputa presidencial de novembro nos EUA, foi ouvida neste sábado (2) pelo FBI sobre o fato de ter usado e-mail pessoal, e não institucional, quando era secretária de Estado.

O porta-voz de sua campanha, Nick Merrill, disse em nota que a ex-senadora se apresentou voluntariamente para o depoimento, que durou três horas e meia.”Ela está satisfeita por ter a oportunidade de ajudar o Departamento de Justiça a chegar a uma conclusão nesse caso. Devido ao nosso respeito pelo processo, ela não fará comentários adicionais sobre o depoimento”.

Hillary Clinton usou apenas um e-mail pessoal em seu trabalho como secretária de Estado, entre 2009 e 2013, o que poderia configurar uma violação a ordens federais.

Em um relatório entregue ao Congresso dos EUA no final de maio, o inspetor-geral do Departamento de Estado disse que Hillary “tinha a obrigação de discutir o uso de uma conta de e-mail pessoal para questões profissionais” com autoridades responsáveis por lidar com registro de dados e com segurança, mas que não foi encontrada “nenhuma evidência” de que ela tenha feito isso. Com informações da Folhapress.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.