A primeira embarcação com migrantes clandestinos reenviados da Grécia, no âmbito do acordo firmado entre a União Europeia e a Turquia, chegou hoje (4) ao porto turco de Dikili, informaram repórteres da agência France Presse (AFP).

O catamarã Nezli Jale, que tinha partido da ilha grega de Lesbos, atracou em Dikili, no Oeste da Turquia com dezenas de passageiros a bordo, muitos procedentes do Paquistão e de Bangladesh.

Centenas de migrantes deverão chegar ainda hoje aos portos turcos de Dikili e Cesme, no âmbito do acordo firmado.

O reenvio do primeiro grupo de migrantes que entraram ilegalmente na Europa, incluindo os refugiados provenientes da Síria, é uma das medidas previstas no acordo UE-Turquia, assinado em 18 de março. O primeiro grupo é composto por 500 migrantes.

Em 2015, cerca de 1 milhão de pessoas atravessou o Mar Egeu em direção à Grécia, mas segundo as autoridades gregas e após a entrada em vigor do acordo UE-Turquia, o fluxo diminuiu de forma significativa.

Na sequência do fechamento da rota dos Balcãs, no fim de fevereiro, cerca de 50 mil exilados não abrangidos pelo acordo permanecem na Grécia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.