Uma ameaça de massacre em uma escola mobilizou a Polícia Militar de Minas Gerais nesta segunda-feira (13/6). A direção da Escola Estadual Manoel Dias Corrêa, de Itatiaiuçu (MG), pediu reforço da corporação após um aluno encontrar um bilhete no banheiro masculino, na semana passada, marcando o suposto massacre para esta segunda (13/6).

A instituição informou que acionou a Polícia Civil na última segunda-feira (6/6), quando tomou conhecimento da ameaça. Ainda segundo a direção da escola, o órgão investiga o caso. Além da PM, a Guarda Municipal se colocou à disposição para reforçar o patrulhamento na região.

“Ressaltamos que tal atitude está acontecendo nas escolas de outras cidades, por alunos, para que não haja aula em determinados dias”, diz o comunicado da escola.

A instituição disse que tipo de ação tem sido veículadas em redes sociais, como o TikTok e Instagram, e classificou o episódio como “brincadeiras de mau gosto que trazem transtorno para toda a comunidade escolar”.

A PM informou recebeu a notificação da diretora sobre o ocorrido na última semana e, nesta segunda (13/6), fez o patrulhamento no horário de entrada da escola. Durante a revista, foram encontrados objetos “alheios” aos materiais escolares, mas não houve maiores problemas. “A aula transcorrreu sem alteração”, salientou a corporação.

O Metrópoles solicitou esclarecimentos sobre o caso para a Polícia Civil, mas não teve resposta até a publicação desta reportagem.

Fonte: tv gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.