Após dois longos meses de inúmeras tentativas de conciliação entre profissionais e classe patronal – que quer reduzir em 40% o piso salarial – os jornalistas alagoanos deflagraram ainda na madrugada desta terça-feira, 25, greve geral por tempo indeterminado. Com a decisão, as principais emissoras de televisão do Estado foram obrigadas a reprisar matérias em seus telejornais.

Os profissionais e estudantes de jornalismo começaram a se mobilizar por volta das 3h30 na frente da TV Gazeta, filiada à rede Globo, Pajuçara Sistema de Comunicação (PSCOM), filiada à TV Record, ambas no bairro do Farol, e na TV Ponta Verde, do Grupo Opinião, filiada ao SBT, no bairro do Jacintinho. De forma pacífica, com faixas, cartazes e gritando palavras de ordem, os manifestantes, deixaram claro que não aceitariam a proposta, mas se mantinham abertos a uma negociação.

Jornalistas da Tv Pajuçara
Gazeta Arapiraca

A frente da mobilização, o Sindicato de Jornalistas de Alagoas (Sindjornal) tenta desde abril entrar em acordo com os patrões e impedir a perda da conquista histórica, alcançada em 1991. Ao todo foram apresentadas nove contrapropostas por parte dos jornalistas, todas rechaçadas pelos diretores das empresas de comunicação, o que culminou com o movimento de hoje.

Apoio à Greve

Desde a última semana o movimento de luta pela manutenção salarial ganhou vários apoiadores, que gravaram vídeos ou emitiram notas em apoio à causa dos jornalistas. Delegados de Polícia Civil, o Chefe do Tribunal de Justiça e do Ministério Público Estadual, políticos como o senador Rodrigo Cunha e o ex-candidato à presidência do Brasil, Guilherme Boulos, se colocaram contra a redução do piso salarial. O jornalista André Vieira, correspondente da TeleSUR (rede de televisão multi-estatal para América, com sede na Venezuela), também usou as redes sociais para manifestar apoio aos profissionais, assim também como jornalistas alagoanos.

Gilka Mafra publica stories apoiando a greve
O Sindicato dos Penitenciários, também postaram apoio a greve

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.