O avanço da vacinação contra a covid-19 no Brasil levantou o debate sobre o retorno de público aos estádios nacionais nas últimas semanas, mas sem um consenso entre clubes, federações e os governos municipais e estaduais. Assim, ainda são poucas as praças que permitem a presença de torcida, dependendo também da competição.

No dia 8 de setembro, a prefeitura do Rio de Janeiro aceitou a solicitação do Flamengo e liberou a volta de torcedores ao Maracanã em três partidas, classificadas como eventos-teste. Em reunião no mesmo dia, as equipes da elite do futebol brasileiro decidiram que o Brasileirão seguiria sem público em setembro. Desde então, iniciou-se uma batalha judicial entre o time carioca, os outros 19 clubes da Série A e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Fonte: Notícias ao minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here