A segunda edição do Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG Municípios), estudo feito pelo Observatório do Clima, revela que oito das 10 cidades que mais emitiram gases de efeito estufa em 2019 no Brasil estão na Amazônia. Nesses municípios, a principal causa para o alto índice são as mudanças no uso da terra e floresta, entre elas, o desmatamento.

As capitais São Paulo e Rio de Janeiro também aparecem no ranking, e tiveram o setor de energia como fator essencial de emissão.

Veja a lista de municípios que mais produziram gases de efeito estufa:

  1. Altamira (PA)
  2. São Félix do Xingu (PA)
  3. Porto Velho (RO)
  4. Lábrea (AM)
  5. São Paulo (SP)
  6. Pacajá (PA)
  7. Novo Progresso (PA)
  8. Rio de Janeiro (RJ)
  9. Colniza (MT)
  10. Apuí (AM)

De acordo com o relatório, em 67% dos municípios brasileiros, o setor agropecuário liderou as causas de emissão. Em segundo lugar, a principal causa foi a mudança na terra, em 18% das cidades. A energia é o terceiro maior fator, com 13,6%. Em menor grau, estão os resíduos (1,1%) e os processos industriais (0,3%).

Em relação às emissões por mudanças na terra, o Norte é responsável por 60% das emissões brutas nacionais. No entanto, foi também a região que registrou maior queda, em razão das remoções em áreas protegidas.

Também estão na Amazônia os municípios com maiores índices de emissões per capita — por habitante. Seis dos 10 municípios que encabeçam o ranking são do Mato Grosso, três do Pará, e um do Amazonas.

O estudo analisou dados de duas décadas (2000-2019), nos 5.570 municípios do país. Ao todo, foram identificadas mais de 100 fontes de emissão.

Fonte: tv gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.