A população de Pernambuco voltou a sentir os impactos das fortes chuvas no estado ao longo desta semana. Pelo menos uma pessoa morreu desde a última quarta-feira (15/6), quando tempestades voltaram a castigar a região. Enchentes, deslizamentos e quedas de barreiras também foram registrados.

A vítima é uma idosa, cuja identidade não foi divulgada. Ela teria sido atingida pelo desabamento de uma residência na zona rural de Bom Conselho, cidade a 177 km da capital Recife, na noite de quarta, segundo informações da Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe).

Com o registro, o número de óbitos em decorrência dos desabamentos e enchentes subiu para 130 desde o fim de maio, segundo contabiliza a Defesa Civil pernambucana.

Ao longo dessa semana a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) registrou que chuvas com intensidade de moderada a forte voltaram a atingir diversos municípios na quarta e nessa quinta-feira (16/6), principalmente nas regiões do Agreste e da Zona da Mata Sul.

Os alagamentos em uma comunidade localizada na Usina Santa Teresa, no município de Água Preta, deixaram 50 famílias desalojadas. A comunidade Várzea do Una, em São José da Coroa Grande também registrou danos.

Segundo a Codecipe, 2.250 pessoas estão desabrigadas em Pernambuco em razão das fortes precipitações nas últimas semanas. Há ainda o registro de 31,5 mil desalojados devido aos temporais em sequência. Desde maio 31 cidades decretaram estado de emergência e 51 sofreram algum tipo de prejuízo pelas chuvas.

Fonte: tv gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.