O astrofísico Roger Blandford, na Universidade de Stanford, na Califórnia, Estados Unidos, afirmou que o buraco negro presente no centro da nossa galáxia, a Via Láctea, “está passando fome”. A primeira imagem do Sagitário A* foi divulgada nessa quinta-feira (12/5) pelo consórcio de cientistas Event Horizon Telescope (EHT).

Conforme Blandford, o buraco negro não tem se alimentado bem. A dieta dele consiste em luz e poeira de estrelas ao seu redor, mas o Sagitário A* estaria sem comer há anos.

O buraco negro no centro da Via Láctea possui 6,5 milhões de massas solares e foi descoberto graças à tecnologia de vários telescópios espalhados pela Terra. O Sagitário A* está localizado a uma distância de 26 mil anos-luz.

Ele é considerado um buraco negro pequeno e inativo. Em 2019, o mesmo grupo de cientistas revelou, pela primeira vez na história, a imagem de um objeto gigantesco no centro da galáxia Messier 87: era o buraco negro M87*.

Em comparação, o M87* tem 6,5 bilhões de massas solares. Localizado a uma distância de 53 milhões de anos-luz da Terra, o buraco negro é considerado um dos maiores do universo.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.