Após anúncio de venda da rede de supermercados Extra para o Assaí, com uma série de liquidações para queima do estoque, a população da capital tem movimentado o estabelecimento, em busca de aproveitar as ofertas. Nesta quarta-feira (27), o supermercado registrou um enorme fluxo de clientes, causando tumulto.

Impulsionados pela promessa de preços baixos, os clientes dividem opiniões sobre os preços encontrados na loja. Para Jacirene, dona de casa, os valores estão compensando. “Achei aqui um ar-condicionado que está mais caro em outros lugares. Com certeza espero levar ainda mais coisas, por isso estou aqui aguardando”, conta.

Já para a aposentada Sandra Valência, os preços ainda não estão batendo outras ofertas online, e, por isso, ela aguarda que os valores possam cair ainda mais para, realmente, aproveitar as promoções.

“Vim por causa dos descontos, sabendo que seria vendido. Mas, olhando os preços, ainda está maior do que na internet. Então, por enquanto, ainda não vi essa vantagem toda”, opina.

“Nos últimos dois dias, o mercado esteve muito movimentado, por parte dos descontos no setor de eletrodomésticos, a parte de bazar e têxtil também, devido ao fechamento da loja a partir do dia 31 de dezembro. A partir do dia 1º de janeiro, o Assaí já vai assumir”, afirma Lobatchevisky, vendedor do supermercado.

Ele afirma que a maioria dos produtos eletroportáteis está entrando com 40% a 50% de desconto, e, no geral, os produtos variam dos 30% aos 50% de abatimento. Ainda segundo o funcionário, o estoque de produtos eletroportáteis já está acabando.

O anúncio do fechamento das lojas da bandeira Extra, no Farol e na Mangabeiras, em Maceió, foi feito pelo Grupo Pão de Açúcar (GPA), na quinta-feira (14), quando foi informada a venda de 71 lojas do hipermercado à rede de atacado Assaí. Cerca de 70% das lojas do Extra Hiper no Brasil foram vendidas.

Sobre o destinos dos trabalhadores, Lobatchevisky afirma que eles já receberam propostas da nova rede, uma vez que as duas fazem parte do mesmo grupo. “A grande parte dos funcionários que quiserem poderão ser realocados para outros setores no Assaí. Nós já recebemos propostas, mas vai de cada funcionário querer ficar ou não”, reforça o vendedor.

A bandeira Extra Hiper será descontinuada, após uma transação estimada em R$ 5,2 bilhões.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.