O padre Fábio de Melo, 50, lamentou a data de cinco meses desde a morte da mãe, Ana Maria Melo Silva, vítima da Covid-19 em março deste ano.

Pelas redes sociais, ele publicou uma foto dela e refletiu sobre o luto que vive. “Eu só queria que alguém me dissesse: sobe ali, ela está sentada na sala esperando por você. Ou então, liga neste número, ela vai atender. O vazio é imenso”, começou.

Em outro trecho, disse que “tudo o que sei sobre mim se dissolve num oceano de saudade e desamparo”. E completou: “Eu andaria todas as distâncias do mundo só para ter cinco minutos do seu tempo, do seu abraço e da sua atenção.”

Ana Maria Melo Silva morreu na manhã do dia 27 de março, aos 83 anos, vítima da Covid-19. Ela estava internada no hospital Santa Genoveva, em Uberlândia, Minas Gerais, desde o dia 15 de março.

A informação foi confirmada pelo próprio padre em suas redes sociais. “Minha mãe partiu hoje. Logo cedo, como quem tem pressa de viver a eternidade. A mim resta a dor térrea, o ferimento que rasga o corpo e a alma. Ela me deu a vida num Sábado de Ramos, como hoje. Nossa simbiose reuniu as regras do nascer e do morrer. Obrigado, minha dona Ana”, escreveu ele.

Acompanhando a mensagem de despedida estava um vídeo de um de seus shows em que aparece cantando a música “Onde Deus Possa Me Ouvir” para a mãe, que assiste ao filho com um sorriso.

Assim que Ana Maria contraiu a doença, o padre usou as mesmas redes sociais para informar aos fãs do ocorrido. Lamentou, na ocasião, que a mãe havia recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19 tarde demais, cerca de dez dias antes de apresentar os sintomas.
De acordo com o que foi relatado na época, tudo indica que Ana Maria contraiu a doença em um hospital às vésperas de tomar o imunizante, pois precisou passar num médico após apresentar alguns problemas de saúde.

No começo daquela semana, o padre e cantor avisava que a mãe havia sido intubada após apresentar piora em seu quadro, mas se mostrava esperançoso. Ele ainda afirmou que o agravamento poderia estar relacionado a uma condição cardíaca de Ana Maria.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here