Consagrado no BBB22, Tadeu Schmidt chegou a ser chamado pelo público de “verdadeiro campeão” da atual temporada. Entretanto, o apresentador iniciou sua trajetória no comando do reality show da Globo com medos e preocupações, conforme ele revelou no programa Encontro desta sexta-feira (29/4).

Indagado por Fátima Bernardes sobre como se sentia ao ser chamado para apresentar o Big Brother Brasil, Tadeu admitiu temer as críticas do público em razão do ótimo trabalho de Pedro Bial, durante 16 edições, e Tiago Leifert, entre 2017 e 2021.

“Eu tinha a expectativa de fazer alguma coisa que fosse bacana, que não tivesse uma rejeição, que não fosse assim: ‘Caramba, como foi ruim o trabalho do Tadeu, como o Tadeu mandou mal’. Eu tinha medo mesmo, porque a gente vinha de dois apresentadores que são dois dos maiores da televisão, o Bial e o Tiago, então eu tinha uma responsabilidade enorme de fazer bem. Eu queria só fazer bem. Eu não queria ter muitas críticas. Eu não queria ser odiado. Eu não queria ser cancelado”, confessou.

Ao final da edição, o apresentador se surpreendeu com o volume de mensagens e boas críticas a seu trabalho: “O resultado foi tão, tão, tão maior do qualquer coisa que eu pudesse imaginar. Foi tão legal, eu nunca recebi tanto carinho, tanto amor como eu recebi agora das minhas queridas BBBs, dos meus queridos BBBs e do público”.

As “comadres” Jessilane, Linn da Quebrada e Natália, também convidadas do Encontro, concordaram com a opinião dos telespectadores: “Você foi incrível, Tadeu!”.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.