Um homem acusado de integrar uma quadrilha que aplicou golpes em famosos, como Juliana Paes e Murilo Rosa, foi preso nesta segunda-feira (130 em Jacareí, no interior de São Paulo. Ambos os atores processam o grupo por estelionato.
Procurada pelo reportagem, a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo) informou que a polícia, durante um cumprimento de um mandado de busca e apreensão, apreendeu uma arma calibre 38 em um guarda-roupa do suspeito, que foi detido em flagrante por “posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.”
A quadrilha que aplicou os golpes é composta por pelo menos quatro pessoas.
Em maio deste ano, a Justiça de São Paulo indeferiu um pedido do Ministério Público de prisão preventiva dos quatro, por considerar que “os réus não foram presos em flagrante delito, não houve uso de grave ameaçou violência e todos eles são primários e sem antecedentes criminais.”
No entanto, ainda no processo, que a reportagem teve acesso, o juiz Pedro Luiz Fernandes Nery Rafael afirma que “segundo conta dos elementos já constantes da investigação, há fortes elementos indicativos da ocorrência do crime de estelionato.”
A ação tramita no Foro Central Criminal Barra Funda, em São Paulo, desde abril de 2019.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.