Sônia Lima revelou que contou com a ajuda de Silvio Santos quando aceitou a proposta de posar para a capa da Playboy pela primeira vez, em 1987. Na época, Sônia estava no auge como uma das juradas do extinto programa Show de Calouros e o patrão decidiu negociar o valor que a modelo receberia pelas fotos.

“Ele me aconselhava muito e ficou à frente das negociações. Foram muitos convites até eu aceitar por causa de uma situação na minha família. Todos os exemplares foram vendidos em três dias, não sobrou nada. Nem eu consegui a minha”, relembrou em participação ao podcast Inteligência Ltda.

A atriz afirmou que “estava quebrada financeiramente quando posou nua”. Com o dinheiro, ela conseguiu ajudar a família, que passava por dificuldades financeiras, e até comprou uma casa para os pais.

Cinco anos depois, em 1992, ela voltou a posar nua para a revista por causa da situação financeira. Desta vez, o então marido Wagner Montes foi quem tomou as rédeas das negociações.

“Foi o que pudemos fazer para botar nossa pipa no ar outra vez. Fiz porque precisava muito. A revista ajudou na minha carreira também, colhi muitos frutos. Me trouxe um público A e B, que eu não atingia com a televisão. Fiquei muito feliz e só posso agradecer por ter feito”, disse Sônia.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.