A polêmica entre Zé Neto, da dupla com Cristiano, e Anitta parece longe do fim. Isso porque, após críticas do sertanejo à Poderosa, que viralizaram nas redes sociais, diversos internautas descobriram que o show, feito em Sorrito-MT, foi pago pela prefeitura da cidade, ou seja, com dinheiro público.

De acordo com o Observatório dos Famosos, do UOL, a demanda do show foi publicada no Portal da Transparência da prefeitura de Sorriso. No documento, é possível ver que houve uma inexigibilidade de licitação, o que significa que não houve concorrência para a contratação do serviço.

Ainda segundo a publicação, foram pagos R$ 400 mil, pertencentes aos cofres públicos, à dupla sertaneja pelo show entre todos os artistas que se apresentaram na Exporriso. Foi o maior cachê pago. A apresentação foi gratuita para a população da cidade mato-grossense.

Durante o show citado, ocorrido em Sorriso-MT, Zé Neto alfinetou Anitta. “Estamos aqui em Sorriso, no Mato Grosso, um dos estados que sustentaram o Brasil durante a pandemia. Nós somos artistas e não dependemos de Lei Rouanet, nosso cachê quem paga é o povo. A gente não precisa fazer tatuagem no ‘toba’ para mostrar se a gente está bem ou não”, disparou o cantor.

Após a defesa de diversos famosos, entre eles Felipe Neto e Gkay, Zé Neto voltou a debochar da situação. “Não falei nome de ninguém. Mas o engajamento tá top. Mete o pau”, explicitou. Até o momento, Anitta não se manifestou sobre o caso.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.