Após quase dois anos sem carnaval, está todo mundo sedento por folia e também para saber como as rainhas de bateria que desfilam nas escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, nos dias 22 e 23 de abril, vão vir fantasiadas.

O g1 foi atrás dessa informação e descobriu algumas pistas de como serão os looks de Viviane Araújo e sua barriguinha de cinco meses de gravidez, de Paolla Oliveira e Lexa, que vai apostar na fantasia mais ousada e sexy que ela já usou. Confira!

Imperatriz Leopoldinense e a rainha Iza

A escola que abre o carnaval do Grupo Especial é a Imperatriz Leopoldinense com sua rainha de bateria Iza. A beldade, que pisa pela segunda vez com a escola na Sapucaí – a primeira no especial -, estreia também nova estilista, Michelly Xis entra no lugar de Henrique Filho. Apesar da troca, a cantora deve deve continuar ousando com o seu figurino e deixando muita pele à mostra.

Mangueira e a rainha Evelyn Bastos

Na sequência, é a vez de Evelyn Bastos, pela Mangueira. Em seu oitavo ano na escola, a rainha de bateria, que em 2020 interpretou um Cristo na avenida, vem em um setor que vai homenagear o Mestre Jamelão, um dos laureados no enredo da agremiação. Quem cuida dos looks da beldade é o estilista Kaleb Aguiar.

Salgueiro e a rainha Viviane Araújo

Já a mamãe do ano, Viviane Araújo vai pisar com tudo na Sapucaí em 2022. Ela deve exibir a barriguinha de gravidez de cinco meses de Joaquim, seu primeiro filho com o marido Guilherme Militão.

Em seu 14º ano reinando pela escola, Vivi virá vestida de Cabocla Jurema, e terá em sua caracterização o arco e flecha. A atriz já declarou que, por causa do bebê, o look será mais comportado, leve e com salto mais baixo. A confecção do look está mais uma vez a cargo de Guilherme Alves.

São Clemente e a rainha Raphaela Gomes

Em seu novo ano à frente da “Fiel Bateria”, Raphaela Gomes promete causar ao usar um figurino que faz menção a Angel, personagem de Paulo Gustavo – enredo da escola -, no seriado “Vai que Cola”. Vai ter peruca rosa, botas longas e muito glamour.

Viradouro e a rainha Erika Januza

A estreia da atriz Erika Januza como rainha de bateria na Unidos do Viradouro promete ser em grande estilo e com um figurino de tirar o fôlego, assinado pelo badalado estilista Henrique Filho. Ela vem vestida de rainha do Cordão do Bola Preta, em homenagem a um dos desfiles mais emblemáticos que o bloco já fez, em 1919 – ano mencionado no enredo da escola.

Beija-Flor de Nilópolis e Raíssa de Oliveira

Raíssa de Oliveira tem só 31 anos, dos quais 20 foram dedicados a sambar à frente da bateria da Beija-Flor de Nilópolis. A beldade nilopolitana, que iniciou o seu reinado aos 12 anos, virá representando a obra “Poétnica”, de Nei Lopes, que inspira e ajuda a resgatar a tradição preta brasileira, dentro do enredo “Empretecer o pensamento”. O look está a cargo dos estilistas Leozinho e Pedrão, do ateliê Aquarela Carioca.

Paraíso do Tuiuti e a rainha Thay Magalhães

Thay Magalhães, que faz sua estreia como rainha de bateria da agremiação, virá vestida de energia do samba. Ela promete um look sexy, com muito brilho, cristais e penas. Tudo sob a confecção do estilista Michel Marssola.

Portela e a rainha Bianca Monteiro

Há seis anos no posto de rainha de bateria da Portela, Bianca Monteiro promete causar ao se apresentar representando Otim, a orixá feminino que habita as matas e é companheira de Oxóssi em suas caçadas.

Mocidade Independente de Padre Miguel e a rainha Giovana Angelica

Em seu segundo desfile à frente dos ritmistas da Mocidade, Giovana Angélica quer entrar na avenida de corpo e alma. Tanto que não pensou duas vezes em raspar os cabelos e aderir ao visual de seus ritmistas que também virão sem cabelo. Giovana representa o espírito de Keto, a cidade de Oxóssi, orixá enredo da escola.

Unidos da Tijuca e a rainha Lexa

Também completando dois anos à frente da bateria da Unidos da Tijuca, Lexa virá com sua fantasia mais ousada, mais sensual. Quem afirma é o stylist da cantora, Pedro Agah, que desenvolveu a concepção da fantasia de Tupana, no enredo indígena da Tijuca, com o badalado estilista Henrique Filho. É muito luxo e muita pele à mostra.

Grande Rio e a rainha Paolla Oliveira

A atriz que já reinou na Grande Rio em 2009, 2010 e 2020, vai pisar na avenida novamente vestida de Pombagira, em um compilado que representa a magia de todas as vertentes da orixá, companheira de Exu – enredo da escola.

Vila Isabel e a rainha Sabrina Sato

De volta ao reinado da “Swingueira de Noel”, Sabrina Sato vem com uma fantasia que faz alusão à música “Pequeno Burguês”, de Martinho da Vila – homenageado da escola -, em um setor que tem referência militar, narrado na canção. A fantasia da beldade, como sempre, promete muito corpo à mostra, e uma assinatura do estilista Henrique Filho.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.