Após a prisão de A$AP Rocky, enquanto voltava de Barbados com Rihanna, a polícia continua a investigação acerca do envolvimento do rapper em um tiroteio em novembro de 2021. Dessa vez, os oficiais foram até a mansão do músico e encontraram diversas armas de fogo no local.

Agora, o próximo passo da polícia é atestar se algum dos objetos apreendidos foi utilizado naquela confusão e se o pai do filho de Rihanna realmente estaria envolvido na discussão que terminou em tiros, como atesta a vítima.

A$AS Rocky foi abordado e algemado no dia 20 de abril, ainda no aeroporto de Los Angeles, quando retornava de Barbados, país natal de Rihanna. Na ocasião, a cantora teria ficado em choque com o acontecido. O rapper foi solto no mesmo dia, após pagar fiança de US$ 550 mil (cerca de R$ 2,5 milhões).

A acusação foi feita por um homem, que teria sido vítima de diversos disparos do pai do filho de Rihanna. Eles se conheciam e a confusão teria acontecido após uma discussão entre os dois, de acordo com o TMZ. O caso está com a promotoria e, em breve, será anunciado se as acusações serão feitas.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.