A influenciadora Sofia Santino, de 21 anos, anunciou que é bissexual e o caso repercutiu nas redes sociais. Após post no Twitter com em que disse “sou bissexual e acabou”, Sofia publicou um vídeo em que explicou o motivo de ter feito agora a revelação: a mãe dela soube há pouco tempo. “Era a única coisa que me impedia mesmo contar”, afirmou.

“Eu acho que a nossa geração está muito aberta. Eu falo que o meu processo foi uma coisa leve porque, quando eu descobri que eu gostava de mulher, não fiquei ‘meu Deus, vou ser apedrejada’. A minha única preocupação mesmo era o processo de contar para a minha família, mas em nenhum momento eu fiquei me prendendo”, disse a jovem.

Sofia é uma produtora de conteúdo nascida no Recife, mas que mora em São Paulo há três anos, onde estuda teatro. Ela começou em um aplicativo chamado Musical.ly e migrou para outras plataformas.

Atualmente, a recifense tem 2,9 milhões de inscritos no canal do YouTube, 6 milhões de seguidores no TikTok e 2,7 milhões no Instagram. Ela publica vídeos com temas do cotidiano e sobre moda, dicas de delineado e estilo de vida.

Ao g1, nesta quinta-feira (12), Sofia contou que não esperava a repercussão que o anúncio teve, mas que fica com o “coração quentinho” pela receptividade. “Quando eu postei, pensei ‘é uma coisa tão normal, tão tranquila, uma coisa normal, que acontece todo dia’. A repercussão foi maior do que eu imaginava”, disse.

Algumas seguidoras entraram em contato contando que não tiveram coragem de contar ou revelaram há pouco tempo. “É muito bom saber que eu posso ajudar de alguma forma, inspirar pelo menos”, afirmou.

Acostumada a compartilhar a própria vida nas redes sociais, Sofia afirmou que não gosta de esconder as coisas dos seguidores e contou que começou a perceber que era atraída também por mulheres quando tinha 16 anos. “Foi legal, mas eu não senti nada demais e aí eu não me considerei bissexual a partir daí”, declarou no vídeo.

Sofia também contou que levou o assunto para a terapia, o que a ajudou a lidar com os próprios sentimentos.

“Depois que eu me descobri bissexual e passei a me abrir mais, comecei a enxergar as mulheres de outra maneira. Era estranho, porque parecia que virou uma chavinha aqui. […] Cada vez que eu ficava com mulheres, era diferente do antes”, disse.

Embora já tivesse pensado em contar para a mãe, a influencer disse que aproveitou que participou do clipe “Garota Infernal”, de Carol Biazin, beijando duas mulheres na boca. “Eu já queria contar para ‘mainha’, mas não sabia como. […] Posso falar para ela só que eu gravei um clipe beijando uma mulher, que foi profissional, ou eu posso já aproveitar e falar”, explicou.

Um dia, quando conversava com a mãe pelo telefone, o plano de falar do clipe entrou em ação. “Deu aquele cinco minutos de coragem e eu contei. Falei para ela ‘gosto de menina, gosto de menino. Esse clipe foi profissional, Carol é minha amiga, mas eu faço isso com frequência na vida real com meninas'”, disse.

Segundo a influencer, a mãe dela recebeu a notícia de forma tranquila e disse apenas para que Sofia não se ariscasse.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.