Gloria Groove acaba de conquistar um status importante em sua carreira. Impulsionada pelo sucesso do seu mais recente single e clipe, A Queda, a artista se tornou a drag queen com mais ouvintes mensais no mundo no Spotify. Na última atualização, eram 4.074.641 ouvintes em sua página no Spotify, o que significa que mais de 4 milhões de pessoas ouviram uma vez uma das músicas no último mês.

Com uma clara crítica à cultura do cancelamento, A Queda foi o segundo single liberado de Lady Leste, novo álbum de Groove, ainda sem data para chegar às plataformas de música. Desde que foi lançada, em 14 de outubro, a canção contraria seu título, galgando postos cada vez mais expressivos nas plataformas de música e vídeo.

Além de uma posição privilegiada no Top 10 do Spotify Brasil e no Top 100 de Portugal, A Queda estreou em 117º lugar no Billboard Global 200 Excl US, parada global que nomeia os 200 maiores hits no mundo (exceto Estados Unidos) na semana passada. Com isso, a canrtora se tornou a única representante do pop brasileiro a ocupar um espaço neste ranking da Billboard atualmente.

No Youtube, outro feito impressionante: o clipe da canção se manteve por duas semanas em alta e já ultrapassou a marca de 24,6 milhões de views. Para efeitos de comparação, Faking Love, feat. de Anitta com Saweetie, lançado no mesmo dia de A Queda, soma menos da metade no canal da poderosa: 10 milhões de views.

Drags brasileiras dominando o mundo

O Brasil também tem a segunda drag mais ouvida do mundo: Pabllo Vittar. A artista já chegou a ocupar o posto conquistado por Gloria, mas atualmente ela está um pouco atrás da colega com 4.003.641 ouvintes mensais. Para se ter ideia da representatividade das artistas brasileiras, RuPaul, uma das drag queens mais famosas do mundo, criadora do reality Drag Race, possui pouco mais de 1 milhão de ouvintes.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.