A ex-BB Flayslane publicou nas redes sociais uma reclamação referente ao uso de um tratamento hormonal por meio do que é conhecido como “chip da beleza”. Isso porque, ela afirma que ficou com o rosto cheio de espinhas após a utilização do instrumento. O mecanismo não é recomendado pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

“Muita espinha? Destruiu minha pele. Agora não tem mais espinhas, estão só algumas manchinhas e estou tratando essa porr*. Agora o efeito do chip acabou, graças a Deus. Nunca tive espinhas no rosto na minha vida inteira, nunca! Tive nas costas durante a puberdade. No rosto, nunca”, diz a ex-BBB.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) já tinha se manifestado contra o uso de chips hormonais com objetivos estéticos. Em nota publicada no site da instituição, a SBEM afirma que a utilização dos implantes hormonais vem aumentando de “forma avassaladora” e, por serem produtos “customizáveis”, existem chances de super e subdosagem. Um dos efeitos adversos do chip é, justamente, o aumento de acne.

Segundo a entidade que reúne médicos, os implantes de gestrinona e outros hormônios androgênicos podem provocar acne, aumento da oleosidade de pele, queda de cabelo, crescimento de pelos, mudança de timbre da voz e clitoromegalia (hipertrofia do clitóris).
Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.