Após a youtuber Antônia Fontenelle disparar ofensas sobre Alagoas em sua conta no Instagram, ontem (12), o Instagram excluiu alguns vídeos do seu perfil e limitou sua conta. Segundo a plataforma, ela violou diretrizes da rede social. Fontenelle não satisfeita, já avisou que vai continuar falando no YouTube.

 

O Secretária de Segurança de Alagoas, Alfredo Gaspar, também falou sobre o caso; lamentou o ocorrido com Henri Castelli e disse que as autoridades irão investigar. Porém também repudiou a forma preconceituosa em que Antônia se refere a Alagoas. “Não somos um povo desordeiro, somos um povo de paz, a única coisa que pedimos é respeito”, escreveu Alfredo.

Confira o vídeo de Antônia:

1 COMENTÁRIO

  1. Sou filha de mãe Alagoana,pai militar,e baiano,descente de Rússos Holandeses, espanhóis, africanos,e árabe,tenho o sangue tão miscigenado quanto qualquer bom brasileiro(a),
    analiso a situação como a velha doença do ” bairrismo”; uma briga de boteco, boate,bar…pode acontecer em qualquer parte do mundo,mesmo sendo a parte culpada, mas por se tratar de um global,a situação tomou essa desproporção, inclusive com pseudos jornalistasde de mídia social incentivando o ódio,o preconceito… entre os estados; infelizmente algumas pessoas julgam o Nordeste como sub região do Brasil, esquecem ou desconhecem o potencial da região,de seus habitantes e que os estados são federados e indissolúveis,ou seja, prerrogativas vá constitucional, Alagoas é Brasil também. Situação retrógrada,. O ministério público deve se pronunciar no caso. Afinal uma certa pseudo jornalista de mídia social fez icomentarios sobre o nordeste, Alagoas que se enquadram como crime,incitando a coletividade a retaliação ao nordeste; cabe ao ministério público entrar com uma tutela coletiva em defesa do estado de Alagoas e do Nordeste,e ensinar a certas pessoas que antes de abrir a boca para falar insanidades,tem que pensar mil vezes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here