Em carta aberta aos fãs, divulgada nas redes sociais na manhã desta quarta-feira (24/11), Alok fez revelações sobre o período difícil pelo qual passou após a morte de Marília Mendonça, vítima de acidente aéreo no dia 5 de novembro. De acordo com o DJ, a partida inesperada da cantora o fez rever suas prioridades.

“Entrei em um processo de muitos questionamentos com profunda tristeza e momentos de pânico. O mundo está muito veloz e não há tempo. Nem mesmo para o luto. ‘Precisa postar sobre o vídeoclipe novo’. ‘Precisa postar entregas comerciais’. ‘Precisa postar sobre os próximos shows’. Mas e se eu não tivesse me sentindo pronto? Não há tempo para questionamentos. Eu estava me sentindo descolado da realidade e muito aéreo, me trazendo gatilhos e me mergulhando de ponta em uma crise de labirintite que já vinha me derrubando. Nunca tinha passado por isso e nem fazia ideia do quanto é desconfortável”, escreveu Alok, em post no Twitter.

O artista continou dizendo que, apesar de tudo, cumpriu todos os compromissos de trabalho com um sorriso no rosto. “Mas logo sentia o peso dos meus pensamentos… Mas não compartilhava minhas dores, porque acredito que o mundo já tem dores demais. E, como eu quero ser um veículo de cura, preciso estar curado”, ressaltou.

Alok decidiu ficar mais próximo de seus fãs. “É muito louco, mas o que vocês conhecem sobre mim são fragmentos de histórias e notícias contadas por outras pessoas. Raras são minhas aparições mais íntimas, mas agora estou decidido, e quero me aproximar mais de vocês. Alguns comentários nas minhas fotos são: ‘seu olhar parece tão triste’. Meu olhar carrega muitas histórias. Quantas coisas já vivi e vi nessa vida. É uma profundeza. Mas prometo que não é um olhar de tristeza”, declarou.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here