Nesta segunda-feira, 11/10, o advogado de Luisa Mell, Angelo Carbone, pediu a prisão preventiva do ex-marido da ativista, Gilberto Zaborowski. No processo, a defesa da apresentadora alega que Zaborowski é um motivo de apreensão e ameaça a integridade física e psicológica da vítima, mesmo após a concessão da medida protetiva.

Na petição, Carbone cita ocasiões em que Gilberto teria sido agressivo ou ameaçado Luísa. A defesa cita que o ex-marido da apresentadora teria feito ameaças a Luisa Mell. Numa delas, com o aviso de que levaria o filho deles embora do Brasil. Além disso, Gilberto Zaborovski teria telefonado de números sem identificação dizendo que a defensora de animais “não perde por esperar”.

Em outro ponto, a defesa alega que Gilberto é usuário de drogas, o que faz Luisa ter ainda mais medo pela própria vida e a do filho. Na petição, o advogado cita o receio de que o ex-marido possa matar a ativista. “O que se teme é que viciado em drogas possa extrapolar e matar a vítima, ou agredi-la de forma brutal (tentativa de homicídio) ou mande alguém fazer”, diz o documento.

O advogado Angelo Carbone ainda reforça seu pedido em outras linhas: “que seja reconsiderado e deferido a prisão provisória, até para que não se consume o que o indigitado elemento vem prometendo”.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.