A Feira de Adoção de Cães e Gatos, iniciativa da prefeitura de Prefeitura de Maceió, em parceria com a organização de apoio à causa animal Pata Voluntária, irá alcançar mais pessoas neste fim de semana. No sábado (23), a feira acontecerá no shopping Pátio Maceió, no bairro Cidade Universitária, no horário das 10h às 16h. Já no domingo (24), em parceria com o SOS Pet, do Pinheiro, os animais estarão de volta ao projeto “Na Orla é Massa”, localizado na Ponta Verde.

No Pátio Shopping, 22 animais estarão disponíveis para adoção, sendo oito cães adultos e quatro filhotes; sete gatos adultos e três filhotes. Na Rua Aberta, dez animais poderão ser adotados, sendo seis gatos adultos e quatro filhotes.

Todos os animais disponíveis para a adoção passaram por avaliação médico-veterinária, apresentam boas condições de saúde e estão aptos para uma adoção responsável.

De acordo com o coordenador geral da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), Marcos Vasconcelos, a parceria com as ONGs estava no planejamento da feira. Ele ainda convida mais ONGs interessadas em participar das feiras de adoção.

“Nós estamos dispostos a dar nosso apoio e suporte às ONGs que se interessem por nosso trabalho nas Feiras de Adoção. Se precisar vacinar os animais, nós vacinamos e disponibilizamos a estrutura de transporte adequado, gaiolas, veículos e veterinários”, afirmou o coordenador.

De acordo com Marcos Vasconcelos, na primeira edição, que aconteceu no dia 10 de outubro, somente com os seus animais, ele já planejava parceria com as ONGs. “Precisávamos, primeiro, ver como seria a aceitação da população para dar continuidade ao projeto, em parceria com as Organizações de apoio à causa animal. Como as duas edições foram um sucesso, vamos expandir a ação.”

Posse responsável

Para prevenir maus tratos e abandono, a UVZ orientou que os candidatos à adoção sejam maiores de 18 anos e, no momento da adoção, apresentem documento de identificação, comprovante de residência, além de assinar um termo de responsabilidade. Para garantir a segurança dos animais, eles recebem um chip de identificação. Caso sejam abandonados, a pessoa que o adotou pode ser responsabilizada.

A Prefeitura de Maceió está estruturando a política pública para os animais e orientou a população para a guarda responsável, de modo que as pessoas que estão interessadas em adotar saibam o que é necessário para que a convivência do animal seja harmoniosa e feliz.

É necessário que a pessoa tenha em mente a responsabilidade e disponibilidade para cuidar e dar conforto e saúde para o bichinho que adotar. Outro fator importante é a aceitação dos membros da família, motivo essencial para que a adoção seja saudável e sem arrependimentos.

“A partir do momento que adota, você passa a ter toda a responsabilidade sobre o pet, por isso, antes de adotar, sempre é bom consultar a família, ver se o animal será bem aceito, até porque a adoção também vai gerar um custo a mais no orçamento da família”, completou Marcos Vasconcellos.

*com informações da assessoria.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here