Rodoviários de Maceió devem se reunir com os empresários do setor de transporte urbano da capital, na tarde desta quarta-feira (30), para tratar, mais uma vez, das reivindicações da categoria, sendo a mais importante o reajuste salarial.

Três assembleias seriam realizadas nesta semana, nos dias 30, 31 e 1º de abril, nas empresas Real Alagoas e São Francisco, e no auditório do sindicato, respectivamente, para tratar de uma possível greve dos rodoviários; porém, uma solicitação do Ministério Público do Trabalho de Alagoas (MPT) suspendeu os atos. O MPT, por sua vez, decidiu pela realização da reunião, que acontece hoje.

Já na sexta-feira (1°), os rodoviários se juntam ao procurador do MPT/AL, Rafael Gazzaneo, para uma audiência pública.

“Na Reunião de hoje [quarta], vamos ouvir os empresários e suas propostas. O que está pendente, que é o reajuste salarial, vai ser discutido e as propostas repassadas à categoria, que, se não aprovar, pode deliberar uma greve”, disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Alagoas (Sinttro/AL), Sandro Reges.

Os empresários, por sua vez, alegam dificuldade devido à pandemia e pedem ajuda da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), para que o órgão readeque o subsídio dado aos empresários desde o ano passado. A SMTT, no entanto, já informou que deve ajustar o valor, já a partir de maio, a fim de que haja o reajuste no salário dos rodoviários.

Os ônibus vão circular normalmente na capital, enquanto durarem as negociações entre as categorias, informou o Sinttro.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.