O Procon Maceió realizou, nesta quarta-feira (29), uma pesquisa para averiguar se os preços dos produtos mais consumidos no Dia das Crianças estão dentro dos padrões. O levantamento foi feito em 15 estabelecimentos, entre o Centro de Maceió e Shopping Centers. Os itens pesquisados foram os favoritos das crianças, como: carros, bonecas, bicicletas, bolas de futebol, POP IT, eletrônicos, roupas e cinemas.

De acordo com o levantamento, os preços dos itens foram variados, seguindo a diversificação dos brinquedos, que vão dos mais baratos (carros pequenos R$ 2,49) para o mais caro (bicicleta R$ 1.499,00). Já os vestuários podem ir de (camisa R$ 12,90) até (calças R$ 179,90) e os itens eletrônicos vão de (jogos para PS4 R $59,90) até (celular R$ 7.258,79).

O diretor-executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida, enfatizou a importância da pesquisa antes de realizar a compra do presente para economizar e não gastar mais que o necessário, comprometendo a renda mensal. Além disso, ele alerta sobre as políticas de trocas e nota fiscal. “É necessário checar o produto e verificar a política de troca de produtos da loja. Caso haja alguma prática abusiva em relação aos seus direitos, o consumidor pode e deve entrar em contato com o Procon Maceió”, afirmou o diretor.

Rafael Brasil, pai da Melina, de 2 anos, afirmou que “a pesquisa é muito importante para adquirir um produto com o melhor custo benefício do mercado, uma vez que economizar nos gastos é sempre interessante. Porém, não devemos nos atentar apenas ao preço, mas também a outras informações, a exemplo da segurança dos produtos, comprando aqueles certificados pelos órgãos responsáveis, de modo a não colocar nossos filhos em risco de eventuais acidentes.”

Atendimentos

Para realizar denúncias ou obter mais informações e orientações, o consumidor pode entrar em contato pelos telefones 0800 082 4567 ou no WhatsApp (82) 9 8882-8326. Quem prefere atendimento de forma presencial pode se dirigir para qualquer uma das unidades do Procon Maceió: no Centro Universitário Uninassau, no bairro Farol; na sede da antiga FAT, atual Centro Universitário Mário Pontes Jucá (UMJ), no Barro Duro; e na sede do Procon Maceió, na Rua Dr. Pedro Monteiro, nº 47, no Centro de Maceió.

O horário de funcionamento na sede do Procon Maceió é de 8h às 14h, de segunda a sexta-feira. Já os núcleos da UMJ e Uninassau estão abertos ao público das 8h às 13h, de segunda a sexta-feira. Para formalizar as denúncias, é necessário entregar as cópias do RG, CPF, comprovante de residência e demais documentos que forem necessários para embasar as reclamações de abuso aos direitos do consumidor.

*com informações da assessoria.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.