Neste domingo (05), em celebração ao mês do Meio Ambiente, aconteceu o passeio ciclístico Renasce Salgadinho, que tinha como circuito todo o trecho da obra de recuperação do Riacho Salgadinho. O prefeito JHC participou do evento e aproveitou para destacar os benefícios e avanços da obra.

“Foi um passeio que percorreu todo o trecho da obra do Renasce Salgadinho para a gente chamar atenção para a preservação do meio ambiente. Fizemos um projeto de inteligência urbanística para a área muito bem feito, e estamos fazendo gradativamente a recuperação do Riacho Salgadinho. É um lugar bonito que, infelizmente, estava abandonado”, disse.

O passeio ciclístico Renasce Salgadinho contou com mais de 400 participantes inscritos para percorrer um trajeto de 6km, que durou em média uma hora. O percurso foi do Riacho Salgadinho até a Foz, e seguiu pela Praia da Avenida até o bairro do Prado.

Segundo o coordenador da Unidade Gestora do Programa Maceió Tem Pressa, Marcelo Maia, o passeio teve o intuito de levar para a população o sentimento de pertencimento com o Salgadinho, que ao longo dos anos foi perdido, devido a degradação ambiental do riacho.

Givaldo Alves veio pedalando de São Luís do Quitunde para participar do passeio ciclístico. Ele afirmou que os ciclistas também devem cuidar do meio ambiente.

“Deu duas horas de pedal, foram 56km no total. Nós que somos do esporte temos que dar exemplo. Usamos métodos para guardar o lixo e jogar somente na lixeira e não descartar de forma incorreta, pelo percurso”, contou.

Para Antônio Facchinetti, presidente da Associação Alagoana de Ciclismo, o passeio foi importante para diversos ciclistas e para chamar atenção para a obra de recuperação do Riacho Salgadinho.

“Essa é uma obra muito importante que deveria ter acontecido há muito mais tempo. Vai valorizar ainda mais Maceió, eu já fui banhista aqui da Praia da Avenida e agora não consigo mais. Uma obra desse porte vai eliminar os esgotos e voltar a valorizar a praia”, disse.

As obras do projeto Renasce Salgadinho fazem parte do Programa Maceió Tem Pressa e estão orçadas em R$76 milhões. O programa vai desassorear o Salgadinho e reurbanizar a área e está com 21,95% de execução.

De acordo com o gestor da capital alagoana, com a recuperação do trecho será possível a abertura de novos empreendimentos e a mudança de percepção de como o cidadão maceioense enxerga a cidade.

Serão feitas mais de 20 intervenções no local, entre requalificação ambiental, melhorias no sistema de drenagem e recomposição do Salgadinho. As obras contemplarão, além do Salgadinho, a requalificação ambiental dos riachos do Reginaldo, Pau d’Arco, do Sapo, Gulandi e Águas Férreas.

Mês do Meio Ambiente

No dia 05 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, e é por isso que o passeio ciclístico teve papel fundamental em chamar a atenção da população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais. O Município preparou para todo o mês uma programação com diversas ações de conscientização ambiental, preservação da natureza e diminuição do descarte irregular por parte da população.

Ronaldo Farias, superintendente da Sudes, destaca a data e a importância de abrir a discussão sobre a preservação de recursos. “Em razão da importância da conscientização e da dimensão do impacto gerado pelo homem, o Dia Mundial do Meio Ambiente é uma data que merece bastante destaque no calendário. Com base nisso, disponibilizamos várias ações voltadas para a preservação de recursos, inibição do descarte irregular e reutilização de resíduos”, disse.

Fonte: tv gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.