A população que vive no entorno da Lagoa Mundaú, em Maceió, relata que um grande volume de peixes apareceu boiando próximo às margens da lagoa, na manhã deste domingo (13). Os moradores temes que a água tenha sido contaminada por algum produto químico.

A suspeita vem do aspecto da água em que os peixes foram encontrados. De acordo com Maurício Sarmento, morador da região e integrante do Movimento Unificado das Vítimas da Braskem (MUVB), quem vive dos pescados na região está com medo e em busca de respostas.

“Agora, a maré alta já encobriu os peixes e a situação. Mas a água estava com um aspecto oleoso, com bolhas”, diz.

Maurício vive na região desde que nasceu, há 43 anos. Ele diz que muitas coisas já ocorreram na lagoa nesse período, mas que nunca tinha visto algo do tipo.

“Foram vários peixes, muitos ainda vivos, mas boiando perto da beira da lagoa. Pescadores do entorno coletaram caixas e mais caixas de peixes, que estavam lá, boiando. Ainda vivos, mas boiando, como se tivessem algum problema”, relata o morador.

De acordo com ele, diversas amostras da água foram coletadas ao longo da manhã deste domingo. Peixes que apareceram mortos também foram coletados e devem ser enviados para uma análise na Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

“Eu não utilizo a lagoa como minha fonte de renda, mas esperamos todos que as amostras não tragam contaminação como resultado e que isso prejudique o consumo dos pescados. Já temos problemas demais por causa do afundamento do solo e sem os pescados, que são o meio de sobrevivência das pessoas aqui, será um caos”, diz ele.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.