Uma onda de assalto tem assustado moradores do bairro Cidade Universitária, principalmente nos conjuntos Graciliano Ramos e Village Campestre, localizados na parte alta de Maceió. Câmeras de videomonitoramento mostram que os roubos acontecem de dia, de noite, na rua, em estabelecimentos comerciais, e à mão armada. Em um dos assaltos, registrado na semana passada, uma mulher foi baleada.

A vítima era Maria Taís. O assalto foi registrado por imagens de câmera de segurança. Os registros mostram que dois homens aparecem, um deles armado, e aborda o carro onde a jovem, que tem 22 anos, estava. Ela voltava do trabalho quando foi surpreendida pela dupla.

Durante o assalto, a mulher reagiu e foi baleada com dois tiros. Em seguida, os criminosos saíram correndo. De acordo com informações da TV Gazeta, um dos homens, o que aparece com a arma, ainda está foragido, mas o outro foi preso. A mulher baleada continua internada.

“O que ela contou para a gente foi que quando se ouviu os dois disparos, ela não sentiu se pegou nela, mas ela sentiu uma tontura e colocou a cabeça na direção. Tanto que o vizinho foi ajudar a tirá-la do carro e ela não lembra disso. Quando ela entrou em casa, aí ela começou a dizer: levei um tiro”, diz à TV Gazeta, uma pessoa que presenciou a situação.

Outra situação de violência foi registrada em uma barbearia, localizada no Conjunto Village Campestre. O proprietário do local e os clientes ficaram sem os celulares.

“Todos os dias, não tem horário. E as pessoas já estão assustadas. Assalto a celular, bicicleta, moto e isso não poe ocorrer no nosso bairro, um bairro tão lindo como esse”, afirma o morador, Edivaldo Aurélio dos Santos, que é servidor.

Segundo a TV Gazeta, no Graciliano Ramos, três roubos foram registrados somente nesta semana. Em um dos casos registrados no bairro, dois homens chegam em uma moto e assaltam uma mulher. Ela tinha ido buscar a filha na escola. Durante o roubo, eles levaram também a mochila da menina.

Ainda no Graciliano Ramos, outro flagrante foi registrado, quando dois homens, para praticar o crime, tentam disfarçar, agindo tranquilamente, momento em que furtam duas bicicletas, pertencentes a estudantes de uma escola da região.

“Os alunos, quando vêm, a gente sempre pede para que não tragam aparelho celular, que não andem sozinhos, que, por mais que a gente tenha cuidado e segurança na porta da escola, a rua é muito esquisita. Eu já perdi as contas”, diz Tatiane Tavares, coordenadora da escola.

Também no Graciliano Ramos, os assaltantes se utilizaram de uma motocicleta para assaltar. Na ocasião eles agrediram a vítima, após ela tentar reagir.

“Faço um apelo ao comandante do BPGd, ao secretário de segurança, porque até então não faltava viatura, mas ultimamente, essas últimas semanas, não tem passado viatura com frequência”, diz o servidor Edivaldo Aurélio dos Santos.

O subcomandante de policiamento da capital, tenente-coronel Liziário Júnior diz que a polícia está mapeando as áreas críticas da parte alta de Maceió para reforçar o policiamento.

“Estamos fazendo o policiamento, também na parte alta. A região do Graciliano, Santos Dumont, Jardim Royal, Cidade Universitária, Benedito Bentes, é uma área que a gente precisa tem todo o cuidado, mas é preciso que a população faça um boletim de ocorrência, para que possamos fazer o mapeamento”, afirma o subcomandante.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.