Três casos de violência contra mulheres foram registrados em apenas uma noite, em Maceió, nessa segunda-feira (6), de acordo com o relatório da Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL). Em um dos casos, um homem ameaçava atear fogo na ex-companheira, no outro, o suspeito usou arame farpado, e, no terceiro caso, o agressor bateu na ex-namorada em um ponto de ônibus.

De acordo com a Polícia Militar (PM), durante patrulhamento no bairro Cruz das Almas, na parte baixa da capital, populares chamaram a atenção da guarnição para socorrer uma mulher que estava sendo agredida em um ponto de ônibus na região. O agressor, de 41 anos, foi identificado como ex-namorado da vítima e foi autuado em flagrante por lesão corporal dolosa, com base na Lei Maria da Penha. O caso foi registrado por volta das 20h. A mulher, de 40 anos, apresentava hematomas no rosto.

Em mais um caso, dessa vez no bairro Feitosa, um homem de 47 anos é suspeito de ameaçar, agredir verbalmente e colocar arame farpado na porta de casa para que a mulher não conseguisse entrar na residência. De acordo com a vítima, de 58 anos, o marido tentou impedi-la de entrar na residência do casal usando um arame farpado, que foi encontrado pela polícia em toda a porta. Ele também teria ameaçado a mulher. Eles foram conduzidos até a Central de Flagrantes, no bairro Farol. O homem foi autuado em flagrante por ameaça.

AMEAÇA DE ATEAR FOGO

Um homem de 47 anos foi preso, também na noite dessa segunda-feira (6), após agredir fisicamente e ameaçar atear fogo na ex-esposa, de 50 anos, no bairro Jatiúca, em Maceió. Mesmo com a chegada da polícia, o homem seguiu afirmando que iria queimar a mulher viva, enquanto segurava uma garrafa e um isqueiro nas mãos.

De acordo com relatório policial, a guarnição foi acionada a partir de uma denúncia de violência doméstica. Ao chegar ao local, no bairro nobre de Maceió, se deparou com o homem comportando-se de maneira agressiva.

A polícia constatou que a mulher apresentava hematomas em diversas áreas do corpo. Ela informou aos policiais que o suspeito era seu ex-marido.

Os envolvidos foram conduzidos à Central de Flagrantes, no bairro Farol, e o agressor foi autuado em flagrante delito por lesão corporal dolosa, com base na Lei Maria da Penha.

Como denunciar

Em casos de violência contra mulheres, qualquer pessoa pode denunciar e acionar a polícia, com garantia de anonimato, por meio do 190.

Também há a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 – que presta uma escuta e acolhida qualificada às mulheres em situação de violência. O serviço registra e encaminha denúncias de violência contra a mulher aos órgãos competentes, bem como reclamações, sugestões ou elogios sobre o funcionamento dos serviços de atendimento.

Em Alagoas, o serviço de denúncia em Alagoas é direcionado para as três delegacias especializadas, que funcionam das 8h às 18h.

  • 1ª Delegacia da Mulher: na Rua Boa Vista, no centro de Maceió (82-3315-4976);
  • 2ª Delegacia da Mulher: no Conjunto Salvador Lyra (82-3315-4327);
  • Delegacia da Mulher de Arapiraca: na Rua São Domingos, no Centro.

Central de Flagrantes I

A Central de Flagrantes I, localizada na Avenida Fernandes Lima, funciona de forma ininterrupta, 24 horas diariamente. Nela, há o Núcleo de Atendimento a Mulher, que atende casos de violência doméstica e sexual. O telefone para atendimento é (82) 3315-1970.

Fonte: tv gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.