Caiu em Maceió a quantidade de chuva prevista para todo o mês de maio, em apenas 48 horas. Neste curto espaço de tempo – 72 horas – 289 milímetros de água tiraram a paz do maceioense, apesar de todo o trabalho prévio realizado pela Prefeitura de Maceió. A Defesa Civil Nacional está auxiliando nas ações de monitoramento e pronta-resposta do Município e a Prefeitura decretou Situação de Emergência por 180 dias na capital de Alagoas.

Em Brasília, o prefeito JHC viabilizou ajuda humanitária junto ao ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, gerando uma Medida Provisória que assegura recursos federais de recuperação das áreas afetadas pela intensa pluviosidade dos últimos dias.

“Estabelecemos um plano de ação que foi implantado rapidamente com o total apoio da Defesa Civil Nacional. Estamos garantindo os serviços essenciais e os recursos devem chegar logo para que possamos recuperar os danos ocasionados pela tempestade, que acometeu nossa capital. Estamos atentos e trabalhando 24h para cuidar do maceioense”, salientou o prefeito após a reunião com o ministro.

Sob a Situação de Emergência, a Prefeitura de Maceió facilita a contratação de serviços emergenciais para atendimento à população atingida e consegue obter sem burocracias os recursos federais para o devido enfrentamento aos danos ocasionados pelas chuvas.

A partir da situação emergencial, o Município também executa imediatamente o plano de contingência para viabilizar obras, distribuição de cestas básicas, além de poder liberar ajuda em recursos para a população atingida. Toda esta prestação de serviço e auxílio, conforme o decreto lavrado pelo prefeito JHC, não causa prejuízos às restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal, que baliza no país o controle de gastos pela União, estados, Distrito Federal e municípios.

Prevendo este tipo de situação caótica, a Prefeitura criou o grupo Previne Maceió, em 2021, para atuar de forma programática e integrada na redução dos danos e diminuir o tempo de resposta às catástrofes climáticas.

O Previne Maceió é coordenado pela Defesa Civil. O órgão conta com uma sala de monitoramento, que acompanha em tempo real a situação climática da capital, com o objetivo de alertar e ajudar as famílias a saírem das casas, quando houver risco iminente de desabamento – através do serviço de envio de mensagens (SMS).

“Nossas equipes estão em monitoramento constante em todas as áreas que tiveram notificações de ocorrências e vamos executando ações externas para assegurar a diminuição de desastres”, acrescentou Abelardo Nobre, coordenador da Defesa Civil Municipal.

Até o início do mês de maio, 159 pontos da capital receberam trabalhos pontuais e urgentes de proteção, que é a instalação de lonas. Elas são instaladas de forma temporária, até que as obras definitivas sejam realizadas pela Prefeitura.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Infraestrutura, desde janeiro de 2021, foram finalizadas obras de contenção nas encostas da Grota Bom Jesus (Benedito Bentes), Grota São Rafael (entre Jacintinho e Mangabeiras) e outras duas localizadas na Grota do Aterro, na Avenida Rotary. Atualmente, a Seminfra mantém em elaboração 25 projetos de contenção de encostas espalhadas por Maceió.

Desde o último fim de semana, quando houve previsões de chuvas intensas, os agentes operacionais intensificaram os trabalhos, visitando os bairros com pontos mais críticos como Chã da Jaqueira, Jacintinho e Benedito Bentes.

No apanhado deste ano, os agentes realizaram um total de 733 vistorias técnicas e 412 encaminhamentos para outras secretarias. As ações já foram realizadas nos bairros Chã da Jaqueira, Jacintinho, Feitosa, Bebedouro, Fernão Velho, Novo Mundo, João Sampaio, Jardim Petrópolis e todo o litoral norte, de Ipioca até Cruz das Almas.

Vale registrar que, ainda de acordo com a Defesa Civil Municipal, não foram registradas graves ocorrências, além do deslizamento no bairro do Reginaldo, mas o órgão alerta para que a população que reside nas áreas de risco continue atenta. As previsões são acompanhadas constantemente e, havendo alterações climáticas, serão emitidos novos alertas.

Para se cadastrar e receber as mensagens basta enviar o CEP da localização por SMS, para o número 40199, de forma gratuita. Nos casos de risco de desabamento e/ou deslizamento, as famílias devem acionar a Defesa Civil através do número 199 e 156 para receberem os atendimentos necessários.

Em 72h, foram abertas 309 ocorrências, sendo a maioria delas (133) por deslizamento de terra. Foi contabilizado um total de 211 pessoas desalojadas, das quais 54 estão em abrigo da Prefeitura e as demais em residências de amigos ou parentes.

Trabalho integrado

Após o diagnóstico da Defesa Civil, a Secretaria Municipal de Convívio Social demoliu imóveis que corriam o risco de desmoronar.

Em paralelo, a Superintendência de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) podou e suprimiu as árvores que ameaçavam cair em toda a capital. Canais de escoamento foram limpos e desobstruídos para facilitar a passagem da água. Sobretudo na Grota do Cigano, no Jacintinho; Grota do Arroz, em Cruz das Almas; grotas do Ouro Preto e do Vale Benção, no Benedito Bentes.

Após o alerta meteorológico emitido pela Defesa Civil de Maceió para toda a capital, na quinta-feira (19), o órgão já havia intensificado os serviços de limpeza dos canais nos bairros do Vergel do Lago, no Canal do Papódromo; Levada, no Canal Celeste Bezerra; além da Chã da Jaqueira e na Grota Santa Helena, situada no bairro do Santo Amaro.

A Prefeitura salienta que as famílias que deixarem suas casas receberão aluguel social e serão cadastradas pela Secretaria Adjunta de Habitação para receberem moradia digna e segura. Em situação de emergência, a Secretaria de Assistência Social disponibiliza um abrigo. O equipamento está localizado na Rua Desembargador Paulo da Rocha Mendes, Jaraguá, em frente à Praça Rayol.

A Assistência Social iniciou uma campanha para arrecadar casacos, edredons, lençóis e roupas para as vítimas das fortes chuvas, que atingiram a capital alagoana nos últimos dias. Alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza também podem ser doados.

*Com assessoria

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.