As secretarias Municipais de Segurança Comunitária de Convívio Social (Semscs) e de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) fizeram uma ação de reordenamento das jangadas da orla da Ponta Verde, nesta quinta-feira (07). De acordo com informações da assessoria da Semscs, a intervenção é para manter a orla de Maceió como uma das mais bonitas do Brasil.

Os fiscais, ainda conforme a assessoria, constaram irregularidades, como jangadas e materiais abandonados na faixa de areia e que não estavam sendo utilizados por nenhum dos pescadores. Foram apreendidas 15 embarcações que serão descartadas corretamente e foram removidas outras estruturas irregulares, que serviam como depósito de materiais e estavam sem uso.

Conforme o diretor de Convívio Social, Marcos André, os pescadores foram ouvidos e os próprios jangadeiros fizeram a indicação das embarcações que deveriam ser retiradas.

“Fizemos uma visita até o Mercado do Peixe, na Ponta Verde, e conversamos com os pescadores, explicando sobre a ação que iríamos realizar para melhorar o espaço de trabalho deles. Demos um prazo de 72 horas para que eles retirassem os materiais que não estivessem sendo utilizados e os próprios pescadores apontaram quais materiais poderiam ser recolhidos”, disse o diretor.

Uma segunda ação será feita para alinhamento das embarcações que ficam por trás do Mercado do Peixe, na praia de Ponta Verde.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.