Equipamentos públicos que foram revitalizados há pouco tempo já estão sendo alvos de vandalismo, segundo aponta a própria Prefeitura de Maceió, responsável pela manutenção dos espaços. Um dos casos informados pelo órgão municipal está o assento de madeira do balanço gigante, localizado na orla lagunar, bairro da Santa Amélia, parte alta da capital.

No final de maio deste ano, o assento foi furtado pela segunda vez no ano, já que a primeira tinha ocorrido no início do ano. A Prefeitura registrou a retirada do cercadinho de madeira colocado no canteiro central.

Ainda de acordo com o órgão, a Praça do Skate também foi alvo de vandalismo. Por lá, o coreto que foi reformado e pintado, já está com pichações. Na orla de Cruz das Almas, as tartarugas marinhas instaladas pelo artista Persivaldo Figuerôa foram amassadas.

O gerente da Zeladoria Municipal de Maceió, Fábio Palmeira, faz um apelo para que pedestres e os próprios moradores atuem como agentes fiscalizadores.

“O poder público faz o seu papel de dar manutenção a esses espaços, mas a sociedade também precisa fazer o papel dela, que é cuidar, zelar, ter a devida educação e respeito para com a sua cidade. Sejamos todos vigilantes e corresponsáveis por tudo aquilo que é da sua cidade. A cidade tem que ser vista como uma extensão da casa de cada morador, e é isso que a gente tem que pensar: a cidade é a nossa casa, então façamos dela o nosso lugar de valorização e de respeito”, cobra.

O gerente ainda destaca que as práticas de vandalismo, furto e depredação podem ser enquadradas como crime ao patrimônio público.

Fonte: tv gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.