A recuperação econômica de Maceió, desde o início de 2021, tem aquecido o mercado de trabalho. O reflexo é a chegada de novas oportunidades de emprego, que estão sendo intermediadas pela Secretaria Municipal do Trabalho. Nos primeiros quatro meses deste ano, 1.237 vagas de trabalho foram abertas e estão sendo intermediadas pelo Sine Maceió.

O posto de atendimento ao trabalhador, localizado no 2º piso do Shopping Popular, no centro da cidade, se tornou uma garantia para aqueles que buscam novas oportunidades de emprego. O serviço é gratuito e disponível para as empresas e para os trabalhadores.

“Estamos empenhados em trazer novos parceiros e dar chances para quem deseja ingressar no mercado de trabalho. É preciso compreender que o mercado de trabalho nem sempre é tão compreensivo, mas vemos em algumas empresas parceiras um cenário diferente”, acredita o secretário adjunto do Trabalho, Ronaldo Targino.

A parceria com as empresas instaladas na capital possibilitou, somente em 2021, a contratação de cerca de 2.500 profissionais. Muitos deles conseguiram seu primeiro emprego de carteira assinada. Jorge Suttareli, de 25 anos, precisou ir atrás de um emprego durante a pandemia. A porta de entrada dele no mercado de trabalho foi o Sine Maceió. Ele participou de provas online, curso de capacitação e, finalmente, veio a contratação.

“Para mim foi muito importante, porque ainda estamos passando por um processo muito delicado. Não só no aspecto da saúde, mas no econômico. Essas parcerias da Prefeitura de Maceió ajudam muito, não só a mim, mas muitas que precisam de um novo recomeço e que, chegando ao mercado de trabalho, encontraram uma forma de colocar dinheiro em casa, de sobreviver e de dignidade”, afirma o jovem.

Para quem precisou retornar ao mercado de trabalho, o Sine também foi uma saída. A história de Lairce Silva, de 29 anos, não é diferente da de muitos maceioenses que, durante a pandemia, perderam o emprego. Para conseguir recomeçar, Lairce participou de um processo seletivo intermediado pelo Sine Maceió. Hoje, ela supervisiona 20 operadores de telemarketing.

“O Sine não trabalha só preenchendo vagas. São oportunidades que possibilitam crescimento pessoal e profissional. Não tenham medo e se inscrevam. Tenham coragem de vencer os fantasmas. Temos um suporte muito bom e precisamos correr atrás”, afirma Lairce.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.