Após denúncia anônima, um restaurante no bairro Ponta verde foi interditado nesta terça-feira (21), pela Vigilância Sanitário de Maceió (Visa). Foram encontrados alimentos armazenados de forma indevida, má higienização, esgoto a céu aberto e utensílios sem condições de uso.

De acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária, Airton Santos, havia um risco sanitário enorme no ambiente. “Ao chegarmos no local, observamos inúmeras irregularidades. Infelizmente, o proprietário desrespeita as normas sanitárias. Estabelecimento totalmente insalubre, alimentos fora do prazo de validade, sem condições para o seu funcionamento. Interditamos o local porque um caso como este é risco sanitário iminente, produzindo efeitos nocivos à saúde humana”, explicou

A Vigilância Sanitária informou que o restaurante terá 30 dias para se adequar às normas sanitárias e voltar a funcionar. O estabelecimento também foi notificado e autuado. A multa pode variar entre R$ 180 a R$ 19 mil devido às irregularidades que as equipes flagraram.

O coordenador da Visa reiterou que os trabalhos de fiscalização são rotineiros, sendo feitos pelas equipes da Vigilância Sanitária de Maceió. “São ações que acontecem em estabelecimentos como frigoríficos, laticínios, restaurantes, supermercados, avícolas, dentre outros ramos espalhados pelos bairros de Maceió. Nas visitas, são verificados itens como condições de armazenamento, refrigeração, manipulação, conservação e comercialização dos alimentos.”

Disque Denúncia

Para denunciar irregularidades, os maceioenses podem entrar em contato no telefone (82) 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo WhatsApp (82) 98752-2000, que funciona 24h, todos os dias, para o recebimento de mensagem de texto, foto e/ou vídeo. Todas as denúncias são anônimas, garantindo o sigilo do denunciante.

*com informações da assessoria.

Fonte: tv gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.