Em pouco menos de três meses, mais de 16 mil toneladas de alimentos estragados foram apreendidos em Maceió, segundo a Vigilância Sanitária. Somente na última ação, pelo menos três toneladas de produtos impróprios para consumo foram retirados de circulação.

No último fim de semana – sábado (23) e domingo (24) -, os trabalhos do órgão se concentraram em supermercados, panificações e açougues das partes alta e baixa da capital. Os fiscais apreenderam carne bovina, frango, pães, laticínios, embutidos, bolachas, dentre outros.

Desde o início do ano, sete estabelecimentos foram interditados, sendo três panificações, duas farmácias, um restaurante e uma lanchonete. Os locais não obedeciam ao que é estabelecido no Código Sanitário. Eles foram notificados e multados, tendo 30 dias para adequação.

“Nossas fiscalizações buscam garantir a saúde da população, evitando todos os riscos sanitários que alimentos estragados ou fora do prazo de validade podem acarretar. Verificamos sempre condições de armazenamento, refrigeração, manipulação e conservação desses produtos”, destaca o coordenador da Vigilância Sanitária, Airton Santos.

Fonte: TV Gazeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.