Milhares de pessoas foram às ruas da orla de Maceió, na manhã deste domingo (1º), para protestar em mais um 1º de Maio, dia dedicado ao trabalhador. O movimento popular contou com carros de som, faixas com palavras de ordem, roupas estampando a bandeira do Brasil, personagens de filmes, bonecos gigantes e outros adereços que denotam a sede por ideais libertários e o repúdio a crimes de diversas espécies.

O objetivo, segundo os manifestantes, é lutar pela liberdade da família e do trabalhador em um momento amplamente histórico para o país. Diversas lideranças sindicais e políticas se reuniram para relembrar as conquistas após anos de luta. Um deles é Flávio Moreno, presidente do Sindicato dos Policiais Federais de Alagoas (Sinpofal), que chamou a atenção para a importância desta data.

“No dia de hoje, maceioenses, alagoanos e brasileiros comparecem em defesa da liberdade da família, em defesa do nosso Brasil. Mais um dia em que lutamos pela liberdade. Desde 2018, com o presidente Bolsonaro, mais uma vez estamos indo às ruas e suplicamos a todo o povo brasileiro, que preste atenção nestas eleições, para que a ‘esquerda’ não volte ao poder, para que a ‘esquerda’ não transforme o Brasil numa nova Venezuela, em que as pessoas estão empobrecidas, comendo lixo, sem condições nenhuma. Nós queremos um Brasil potente, onde a corrupção seja combatida de verdade. Um Brasil onde o presidente fale a verdade e não um país com um presidente encarcerado por corrupção. Um Brasil livre da corrupção e próspero em conjunto com a família, com Deus e com a pátria. Obrigado a todos que compareceram a este dia pela liberdade”, expôs Moreno, um dos organizadores do manifesto.

Também presente ao evento, a presidente do PTB Mulher e Líder dos Guardiões da Nação e Fórum Conservador Nacional, Fátima Ramos Chamariz, enalteceu o Dia 1º de Maio, caracterizando a data como a luta por ideais de liberdade.

“Graças a Deus, o povo acordou, se levantou. Estamos nesta luta para dizer que somos livres. Eu, como faço parte novamente do PTB, venho nesta luta novamente e agradeço à direção do partido, ao nosso senador Fernando Collor de Mello, pela confiança. Este ano é de vitória, estamos unidos num só coração, e a população veio se juntar aqui. 1º de Maio é muito importante para o PTB, responsável pela carteira de trabalho”, ressaltou Chamariz.

Coronel Do Valle – outro apoiador do Movimento – compareceu ao evento e, na oportunidade, teceu críticas a sindicatos que julgam os discursos da “Direita”, nomeando-os como “discursos de ódio”, mas que, na realidade, é a própria liberdade de expressão, conforme destaca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.