A volta das semanas de moda presenciais tem agitado o mundo da moda e as tendências 2023 já estão no ar. Seja nas passarelas de Nova York, Milão, Londres ou Paris, algumas apostas se repetem, delineando o que vem forte para o próximo ano.

Em destaque, vimos a volta da sensualidade e do glamour bem latentes nas coleções. De fato, o otimismo marca essa nova fase da indústria, enquanto a pandemia dá sinais de enfraquecimento ao redor do mundo.

Por isso, prepare-se para ver muitos brilhos, recortes sensuais, drapeados e tudo que remete ao universo festivo. Agora vamos às novidades!

Quais são as principais tendências?

Como vimos anteriormente, a temporada SS 22 foi marcada por um otimismo bastante interessante. Entre os estudiosos e historiadores, já era esperada a volta dos Loucos Anos 20. Período esse que definiu o final da Gripe Espanhola e também das restrições impostas pela Primeira Guerra Mundial.

Na época, a moda ficou marcada pelo espírito glamouroso, com muitos brilhos, pérolas, penas e sensualidade. Agora essas tendências ressurgem e, no que depender das passarelas internacionais, é hora de abandonar o loungewear de vez.

Em seguida, você confere as principais tendências 2023 que marcaram as passarelas das capitais da moda ao redor do mundo:

1. Cintura baixa

Para começar, uma tendência super polêmica que vem se delineando há algumas temporadas. NDe acordo com os desfiles internacionais, a cintura baixa veio mesmo para ficar.

O ícone dos anos 2000 já vinha marcando o look das famosas e se confirmou nos desfiles das marcas Diesel, Versace, Missoni e Blumarine. Com isso, os jeans, saias e calças de cintura baixa se consagram como aposta forte nas tendências 2023.

2. Balaclavas: a tendência polêmica da vez

Há tempos que uma tendência não gerava tanta discussão no mundo da moda. As balaclavas apareceram repetidamente nas passarelas de Nova York e também na cabeça das famosas, além de ser um destaque no street style.

Trata-se de uma espécie de gorro ajustado ao rosto e similar a uma touca ninja. Muito usada por alpinistas e esquiadores, ela cobre toda a cabeça e ajuda a controlar a temperatura do corpo. É, portanto, um acessório ideal para os dias frios.

Contudo, muitos ativistas apontam que a peça é muito similar ao hijab islâmico, peça que é inclusive banida em países como a França. Como resultado, gerou-se um grande debate sobre privilégio e o papel das tendências de moda.

3. Plumas e cristais em alta nas tendências 2023

Em seguida, temos outro hit da temporada, que também já apareceu aqui no Fashion Bubbles. As plumas vieram com tudo nos desfiles, assim como os cristais. Esses detalhes luxuosos aparecem muitas vezes como foco central, outras como detalhes das peças.

Pense em barras, golas e punhos muito bem adornados. É assim que o glamour dá as caras nas tendências 2023. Tudo, portanto, é uma festa. E, nessa festa, a diversão tem espaço garantido! Ainda vimos o quanto essas trends se misturam com outras, em uma temporada onde o exagero marca presença.

4. Minissaias e micro comprimentos em destaque

Com toda a certeza, você já viu o frenesi da minissaia da Miu Miu. A peça, fortemente inspirada pelos anos 2000, apareceu incessantemente nas capas de revistas e no feed do Instagram.

Ademais, outras marcas também aderem aos micro comprimentos para a temporada. De fato, as tendências 2023 trazem peças bem jovens e divertidas, com foco na Geração Z.

5. Recortes e transparências sensuais

Na sequência, outra tendência que foi unânime em todas as capitais da moda. Dessa maneira, percebemos que as tendências 2023 exaltam a feminilidade de uma forma muito sensual, seja com recortes ou transparências bem posicionados.

O destaque da vez é a cintura e, portanto, as modelagens deixam a região à mostra. Há quem chame a tendência de “efeito Euphoria”, já que os looks realmente lembram o figurino das personagens principais da série. No entanto, também é uma tendência que veio se delineando já há algumas temporadas, atingindo agora o seu ápice.

 

6. Macacão justo e elástico em alta nas tendências 2023

Logo depois, temos outra peça bem sensual. Na maior vibe “Mulher Gato”, o macacão bem colado ao corpo é destaque nas passarelas. Com bordados, recortes e transparências, a peça se consagra como hit  da vez para quem adora um estilo bem sexy.

 

7. Vermelho é a cor mais quente

Sim, sempre teremos alguma cor em destaque. Dessa vez, o título ficou para o vermelho cereja que, sem dúvida, vai virar hit. Várias marcas apresentaram blocos inteiros com a cor, muitos looks monocromáticos e até metalizados.

Já em solo italiano, foi a vez da Versace explorar toda a sensualidade do vermelho. Na passarela, as irmãs Bella e Gigi Hadid desfilaram peças icônicas da grife, combinadas com botas de látex também na mesma cor. De fato, é de se esperar que os looks com vermelho sejam bastante poderosos.

Isso entra, ainda, no zetgeist da temporada: sensualidade, glamour e diversão para todos os lados. E afinal, qual cor poderia representar melhor essa ousadia do que o clássico vermelho, tão associado ao fogo e à paixão?

 

8. Botas over the knee, o acessório da vez

Seja em couro, vinil ou até mesmo tecido, as botas com cano super alto são aposta certa para aquecer o Outono/Inverno.

Na Versace e na Givenchy, o acessório aparece quase como uma segunda pele, com o cano se mesclando à barra das saias e vestidos. Por outro lado, na Bottega Veneta a aposta é mais clean, um preto elegante e que promete conquistar até as mais avessas à tendência.

 

9. Lingerie e corset também inspiram as tendências 2023

E, como dissemos anteriormente, sensualidade é a palavra de ordem. Então é claro que as peças inspiradas em lingeries não poderiam faltar, não é mesmo?

Nas passarelas de Nova York e Milão o tecido apareceu nos detalhes, mas também ganhou muito destaque na Dolce & Gabbana. Assim como a Gucci, a grife apresentou uma coleção com muita lingerie à mostra.

Na coleção da última, até mesmo a meia calça rendada ressurgiu, gloriosa e polêmica. E por falar em lingerie, há sempre uma peça que se destaca. Dessa vez, foi o corset. Ele apareceu quase unânime nos desfiles italianos, virando peça central dos looks da Fendi, Act N.1 e Versace.

 

10.  Casaco longo de pele falsa também aparece nas tendências 2023

Por último, uma aposta para os dias de frio. Dessa vez, o casaco de pele surge bem alongado, com silhuetas simples e muitas personalidades. Note, também, como a moda ética está em pauta por aqui.

Afinal, cada vez mais marcas se comprometem a abandonar o uso de peles animais. A Dolce & Gabbana, por exemplo, recentemente se comprometeu a banir o material das suas próximas coleções.  Portanto, a indústria se renova e busca alternativas sintéticas com qualidade cada vez maior.

 

Conclusão

 

De fato, a indústria da moda está apostando suas fichas no fim da pandemia. E se antes indagávamos qual seria o “novo normal”, no que depender das tendências 2023 ele será extremamente alegre e otimista.

É, portanto, um momento de deixar um pouco de lado os looks mais austeros e apostar na sensualidade, no glamour e nas cores. Assim, o armário fica mais divertido e a vida, certamente, mais leve.

E, por fim, não deixe de conferir a nossa categoria Estilo. Lá você encontra tudo sobre moda, comportamento, tendências e muito mais.

Fonte: fashionbubbles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.