Caderno dos Sonhos, é uma trilogia, onde relato os sentimentos da vivência intensa dos sonhos que almejamos.
Parte 1:  Caderno dos Sonhos lei da interpretação

above-the-sky

Caderno dos Sonhos (A trilogia – Parte 1 ) por Ciro Oliveira

Sonhar é voar, ir além do que se poder vê, é se lançar ao infinito, se fazer acessível às nuvens da imaginação.

Caderno dos Sonhos lei da interpretação; discernimento, autenticidade, esclarecimento da questão. Sonhos caracterizam que queremos mais do que temos no presente momento, estar no lugar e posição que nos fazem bem.
A interpretação está no que você determina, é ver a intenção que se coloca no que se almeja.

Ao procurar respostas para fixar sua ideia e versão, é necessário colocar-se no caminho da serenidade. Um sonho não pode ser algo nunca a ser praticado ou impossível de se viver, pois então iremos viver na melancolia sem objetividade. Um sonho é real, notório, compartilhável, prazeroso, verdadeiro, objetivo, incansável, possível, realizável, infinito, transformador, grandioso, justo e necessário. Quando se ver, e se pode notar tais características, o que devemos fazer é insistir e persistir, pois nessa estrada de realizações tudo é só questão de tempo.

Asas da imaginação metas e objetivos concretos; elaborar a estrada que se quer andar é um passo de sabedoria. Para que tudo possa acontecer como planejado, seja tudo de ante seu gosto conforme pensado, apesar de que isso não quer dizer que algo inesperado não possa acontecer. O inesperado faz parte da estrada, ele tem que aparecer, para esse ocorrido existe o modo incansável de viver, é preciso ter prazer uma paixão louca pelo que se quer ser. Vê-se na condição é fato nessa questão, o incansável se projeta ao futuro assim sabendo como lidar com o ocorrido inesperado.

Ao fim não existe fim para quem sabe sonhar. Quem sonha e idealiza com paixão, emoção e certeza, o tempo certo se fará presente para realização.
Voar alto não é para todos, pois as alturas existem para aqueles que nasceram para viver lá. Quando nos enxergamos sem prazer, vitalidade, amor e garra por mais que façamos os nossos deveres é hora de refletir, e saber a hora de sair, pois o lugar em que você está não é seu, alguém terá prazer e amor nessa posição.
O alto céu centro da criação dos sonhos em amor e compartilhamento a todos, é o lugar daquele que se impõe a não ser pequeno, que almeja tudo e para todos, que ver o tempo à frente a um passo do futuro, que vibra com o simples gesto de imaginar, pois a grandeza desse fato para ele está na contemplação da realização.

Caderno dos Sonhos visão aguçada, os céus é morada de mente que sonha, ama e é apaixonada… (Parte 2 – Continua..)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.