Gfk1

Por causa do alto custo do contrato assinado com o instituto alemão GfK, as emissoras Record, SBT e RedeTV! deverão fazer muitas demissões e outros cortes de custos nos próximos meses, informa o colunista Ricardo Feltrin, do portal UOL.

Estima-se que, nos primeiros cinco anos, o contrato do GfK custe às emissoras que compõe o “pool” cerca de US$ 100 milhões. Na época em que o contrato foi assinado, no ano passado, o dólar era cotado em pouco mais de R$ 2,50. Hoje, ela já está em quase R$ 4, e simplesmente ninguém contava com isso.

A alta do dólar foi o principal motivo para a Band desistir de integrar o consórcio responsável pela vida do GfK ao Brasil. Alguns dos efeitos diretos que a aposta no concorrente do Ibope pode causar nessas redes está em demissões em massa e venda de faixas da grade de programação para terceiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.